Friovale Logística investe R$ 20 milhões!

Os últimos meses têm sido bastante movimentados para a Friovale Logística, empresa que acabou de investir R$20 milhões para expandir o seu centro de distribuição na cidade de Olímpia (SP).
Apesar de há muitos anos já ser reconhecida por sua excelência nas soluções logísticas, a companhia parece não perder o apetite por novidades.
Segundo Adauto Franco, diretor de logística da Friovale, a expansão milionária foi feita não só para viabilizar o crescimento das operações dos clientes atuais da empresa, mas também para atrair novos clientes.


Depois de todo o investimento feito em seu CD em Olímpia, a Friovale conta agora com quase 15 mil m² de área construída no local. Toda essa estrutura é dedicada à armazenagem de cargas secas, climatizadas, resfriadas, congeladas e supergeladas.


Por dentro da expansão
Desde dezembro de 2018 a empresa já conta com suas duas novas câmaras reversíveis, que trabalham com produtos resfriados ou congelados e possuem controle de temperatura e umidade à base de amônia. Com a inauguração das câmaras, a Friovale conta agora com 2.800m² para armazenagem em sistema porta-paletes.

A segunda fase da expansão ocorreu um pouco mais tarde, em abril de 2019, quando a companhia decidiu pela implantação de mais uma câmara climatizada de 2 mil m² para empilhamento livre de cargas. A nova câmara faz o controle de temperatura e umidade usando água em sua base principal e gás refrigerante.

A última etapa da expansão aconteceu no fim do primeiro semestre e tratou-se da estruturação de uma área de 1.400 m² para cargas secas, com sistema drive-in e
empilhamento livre, somando 16 mil posições-palete.

Para Adauto Franco, a expansão foi estratégica e deve tornar a operação da Friovale ainda mais eficiente: “Investimos em estruturas de primeira linha, com equipamentos de
refrigeração de ponta e de movimentação ultramodernos, empilhadeiras elétricas, pé direito de 10 metros, gerador, iluminação em LED e piso de alta resistência com isolamento e painéis em poliisocianurato (PIR), que extingue totalmente a chama em caso de incêndio e custa praticamente 20% a mais que o poliuretano (PUR)”, diz o diretor.

Franco fez questão de destacar também que ainda existe muito espaço para crescer em Olímpia, uma vez que o centro de distribuição da companhia está localizado em um terreno com mais de 220.000m².

Além de todo esse espaço, a Friovale conta com mais um centro de distribuição para cargas secas na cidade de Catanduva (SP) e já faz planos para uma nova expansão rumo à Grande São Paulo.

Atualmente a empresa oferece armazenagem que comporta desde temperaturas positivas até -42º no túnel de congelamento.


Controlando suas operações
A Friovale é um operador logístico que movimenta cargas de centenas de clientes diariamente. Para que nada saia do roteiro, a companhia conta com o moderno ERP em nuvem da Totvs, que fornece total segurança e controle para o estoque de cada parceiro.

Ao longo dos anos, a empresa também fez uma parceria com a softhouse Agility para criar o SaveControl, que monitora fatores importantes como oscilação de temperatura e rendimento do motor e cria um banco de dados com todo o histórico das operações.

Recentemente a Friovale também detectou uma demanda dos clientes por transportes e, por isso, estruturou também o seu próprio departamento de Transportes. O objetivo é bem claro: oferecer uma solução logística completa para cada cliente.

“A ideia é complementar o trabalho que nós já desenvolvemos. Detectamos que nossos clientes tinham uma deficiência muito grande de transporte, então hoje nós temos clientes para os quais fazemos somente armazenagem, outros para os quais transportamos e para outros nós realizamos as duas operações, utilizando veículos agregados exclusivos”, finaliza o executivo.


Voltar